Quem é Matteo Messina Denaro?

Cresceu a pão e Máfia (o pai Francesco era um Capomandamento), começou a partir de Castelvetrano e reuniu o legado dos corleonesi de Riina e Provenzano. Matteo Messina Denaro, “Diabolik”, é foragido desde 1993.

Data de Nascimento: 26 de abril de 1968, Castelvetrano, Sicília,Itália
Apelidos: Diabolik, o Invisível, “U siccu” (o seco)
Associações: Clã de Corleone, Salvatore Lo Piccolo, Totó Riina, bernardo Provenzano, Cosa Nostra

Já, a épica história dos corleonesi terminou com a morte de Bernardo Provenzano, e mais ou menos a partir desse dia é ele, Matteo Messina Denaro, o chefe dos chefes, o último dos padrinhos.

No linguajar italiano, ele é il  “capo di tutti i capi” da máfia siciliana, sendo o criminoso mais procurado pela polícia italiana e diversos outros países, inclusive no Brasil na atualidade.

O homem que reina sobre Costa Nostra, esté longe de ser encontrado. Quase um fantasma.

Pão e Máfia

A sua história, aquela do “seco”, por outro lado, é feito de pão e Máfia. Porque o pai, Francesco, era o capomandamento de Castelvetrano, uma cidade na província de Trapani, a pouca distância de Mazara del Vallo, onde esta história começou.

Don Ciccio ensinou tudo a seu filho, incluindo os segredos do esconderijo. Na verdade, ele deixou que o encontrasse somente em 1998, quando um infarto já o havia derrubado e o corpo foi encontrado num campo perto da vila, como último gesto de desafio contra aqueles que o haviam caçado. Desde então comanda Matteo. E o seu reino tem crescido de ano a ano.

Escalada ao poder

Primeiro a província de Trapani, em seguida, toda a Sicília. Fiel de Totò Riina, após a prisão do chefe que desejava a morte de Falcone e Borsellino, ele colocou-se sob as ordens de Provenzano, padrinho no qual trocava pizzini cheios de respeito e carinho, mas que na realidade seguia somente em partes.

Messina Denaro, era um homem de ação. Fazia parte do grupo de fogo, aquele conduzido pelos os irmãos Graviano no terrível ano de 1993.

Já estava na elite da máfia, antes fosse uma brincadeira do destino, mas foi mesmo a ofensiva do Estado a abrir-lhe as portas do comando.

Um a um, caíram Provenzano, Bagarella, os irmãos Gravano e, especialmente, Salvatore Lo Piccolo, que o trono disputava. Havia ar de uma nova e sangrenta guerra da máfia, naqueles dias, mas a blitz Giardinello, onde foi capturado Lo Piccolo, decidiu o destino antes que pudesse começar.

Os interesses

Desde então, comanda, Matteo Messina Denaro. E tornou-se o homem mais procurado. Ainda assim, é e também está entre os 5 no mundo inteiro.

As investigações colocaram na cadeia muitos dos seus apoiantes, sobre todos Pilippo Gattadauro, amigos e familiares, incluindo sua irmã Patrizia. Ao longo dos anos, foram capturados bens vinculados a ele por milhões de euros. Os seus interesses variam desde a grandes distribuições organizada até o setor da construção. Até mesmo um grande parque eólico que acabou com os sigilos.

Conhecido por não medir esforços para conseguir o que quer, Matteo Messina Denaro domina o narcotráfico e os casinos, tendo como seu braço direito, “Brudi”, um assassino frio e calculista.

A bela vida

Invisível, no entanto, nenhum vestígio ou quase. A suspeita é que ele esteja situado no seu território, na província de Trapani, da província de Trapani, porque essa é a história de todos os padrinhos, de Don Calo Vizzini em diante.

Veja também: Os 7 Maiores Capos da máfia Siciliana

Mas Matteo Messina Denaro é um chefe diferente. Amava ou talvez ainda ama a boa vida. As belas roupas, os carros de luxo, as viagens. As mulheres, sobretudo. Por uma cometeu talvez o seu primeiro homicídio, uma outra acabou na prisão porque o hospedou por anos, outra ainda lhe deu até mesmo uma filha que ele jamais teria conhecido. Ele deixou a casa da avó para refazer uma vida diferente.

No entanto, dele restam poucos passos. Em 2011, ele atingiu a primeira colocação da lista e vem mantendo, sendo o único italiano dentre os fugitivos listados.

Com a morte de Nasir al-Wuhayshi, Matteo Messina Denaro passou a ser o Mafioso mais temido de todos os tempos.

< TODOS OS GANGSTERS

Mafia Academy

2 Comments

  1. Gabriel Lobo
    8 de agosto de 2016

Add Comment

O Chefe Está Morto mas a Máfia segue Viva, afirma Magistrado e Mafioso
Cuntrera-Caruana mafia cosa nostra
O Clã Mafioso Cuntrera-Caruana
os corleonesi
O clã mafioso Corleonesi: Uma facção que agregou muitos nomes de peso no mundo da Máfia
tráfico de drogas
A Era de Ouro do Tráfico de Drogas: Como Metanfetamina, Cocaína e Heroína se Moveram pelo Mundo Todo
film cassino fatos
25 Coisas que Talvez Você Não Sabia sobre o filme “Cassino”
Quem foi Mario Puzo
O Pai do Poderoso Chefão: Mario Puzo
rene-trupo4
Top 13 Oficiais Mais Corruptos dos Filmes sobre Gângster
os bons companheiros
Os Bons Companheiros Na Real
Top 10 Gangues de Motociclistas
Top 10 Gangues de Motocicletas Mais Perigosas
gangsters e contrabando 1920
Bootleggers: O Contrabando na América do Norte
estilo gangster mafioso
Por que os Mafiosos são tratados mais como Celebridades do que como Criminosos desagradáveis?
A Insolarada - iate al capone
A Islamorada: O iate de Al Capone no Canal do Panamá