Toda a Verdade por trás das Origens da Máfia na Sicília

Banditismo, venda de proteção, política antiliberal, suborno, sociedades secretas de justiça, família: assim tudo o que criou a Máfia siciliana, já existia bem antes do século 19. Tudo exceto talvez o nome!

Dito isto, você sabe o que realmente significa Máfia? O que é? Quando e como ela se originou? Porque a Máfia na Sicília? E sobre tudo qual foi a sua evolução histórica desde os tempos antigos para os mais recentes? Para entender tudo isso, vamos começar a partir do nome.

O que Significa Máfia

A palavra italiana “máfia” é talvez a palavra mais conhecida no mundo. Ela está em todos os dicionários e em todas as enciclopédias de cada país, da América Latina a Austrália, do Japão para os Magrebe. Supostamente tem sua etimologia na expressão árabe “maha fat“, o que significa proteção, imunidade.

A palavra máfia nem sempre tem tido o mesmo significado. Um século atrás, ela representava uma coisa, outra nos anos cinquenta e sessenta, e outra depois do assassinato de Giovanni Falcone e Paolo Borsellino. Cada época teve a sua Máfia!

O que é a Máfia

É uma sociedade secreta com suas próprias regras e líderes, seus territórios e seu exército de assassinos que, entre eles, se conhecem como “homens de honra“. A máfia não é como o crime comum. A máfia antiga sempre sobreviveu à margem da sociedade e sempre foi travada pelo poder; a máfia dos mafiosos modernos, ao contrário, sempre esteve ligada na sociedade e protegida pelo poder.

Origens da Palavra Máfia

Sobre a origens da palavra Máfia existem 3 tipos de pensamentos que deixam ainda hoje muitos mistérios por trás da gênese desta palavra.

1) “Ma fia” como lugar de refúgio

Vários historiadores sugerem que a origem da palavra Máfia derive do árabe “ma fia” ou “lugar de refúgio”, expressão usada pelos árabes depois da invasão normanda, quando foram escravizados nas propriedades dos novos conquistadores.

2) “Mahjas” como gabar-se

Outros afirmam que possa derivar do “lema secreto” usados pelos sicilianos quando se rebelaram contra os normandos, ou ainda teria suas origens em “mahjas“, palavra árabe que significa “gabar-se”.

3) “Maffia” como arrogância

Diversamente historiadores dizem, que a palavra máfia, não pode vir do mundo árabe, porque ela entraria em uso comum na Sicília apenas desde o 1862, quando os árabes na Sicília ainda não existiam e ninguém na Sicília falava árabe, e nem teria suas origens das muitas siglas de fantasia que rodam em volta dela.

Na verdade, as origens legítimas vêm da Toscana, região do centro Itália, onde a palavra Máfia já existe há séculos na forma de dois “F”, Maffia, e assim foi introduzida na Sicília logo após a unificação da Itália. Na Toscana, Maffia significa “sofrimento”, “arrogância” ou “ostentação vistosa “.

A Máfia na Sicília

Na cultura popular, a palavra Máfia, entrou em uso na Sicília em 1862. Temos prova disso no trabalho teatral de Giuseppe Rizzotto – I mafiusi di la Vicaria di Palermu – exatamente datado em 1862. De máfia vem se falando mais o menos a 145 anos, mas nesta comédia popular, o termo “mafiusi” houve apenas no título e no texto do trabalho.

Três anos depois, em abril de 1865, a máfia é pela primeira vez mencionada em um documento confidencial assinado pelo prefeito de Palermo, Filippo Gualterio, enviado ao Ministro da Casa Civil, referindo-se a um grupo de homens selecionados, preguiçosos, vagabundos e mafiosos.

Portanto esta palavra toscana, tornam-se “máfia” na Sicília, tanto para indicar aquelas organizações secretas que ajudavam as classes populares contra o excessivo poder das classes dominantes, quanto para descrever o estilo vistoso e ostensivo típico dos mafiosos.

familia mafiosa siciliana

Grupo de mafiosos sicilianos

Hoje mesmo, na Sicília o adjetivo “mafiusu” não indica somente um membro mafioso, mas também indica a atratividade de uma pessoa, um homem bonito e bem vestido e até mesmo a ostentação por eles de objetos valiosos.

Cada vez mais as pessoas viram na máfia a sua defesa contra os abusos das autoridades estabelecidas, as quais contrariamente aos compromissos feitos antes da Unidade da Itália, continuaram a domina-las e espoliá-las aos poucos do que tinham, como sempre faziam os governos anteriores.

Onde Nasceu a Máfia?

Nos feudos das províncias do interior de Palermo, especialmente, na zona rural ao seu redor, nos jardins de limoeiros e laranjeiras da ”Conca d’ Oro”, e, em seguida, em toda a faixa costeira de Cefalù, até a extremidade oeste da Sicília.mapa da sicilia

1800 – Zona Rural e Campos abandonados

É nessas áreas que a máfia, como escreveram os prefeitos em seus relatórios no final do ‘800, foi “consagrada nos costumes e herdada com o sangue “. Suas raízes são, portanto, radicadas na zona rural do Palermitano e nas propriedades, que décadas após décadas, têm sido abandonadas pelos barões, nobres e “cavaleiros”.

Em seus lugares, os verdadeiros mestres se tornaram os guardiões, os superintendentes. Entre proprietários e arrendatários estavam os intermediários, contratados para defender os interesses dos aristocratas e contra os camponeses que exigem terras.

1950 – Os Guardiões das Terras dos nobres

Intermediários – com a grande reforma agrária de 1950 – os guardiões haviam se tornado proprietários. Cerca de quinhentos mil hectares de terras na Sicília terminaram nas mãos dos Genco Russo e dos Vizzinino centro da ilha, dos Di Carlo em Agrigentino e dos Licari em Trapani.

Os Caruana e Cuntrera de Siculiana têm sido os guardiões do Barão Agnello; Francesco Messina Denaro foi guardião de D’Alì di Trapani; a família de Michele Greco cuidava da terra do nobre dos Tagliavia e, em seguida, tomou posse de suas terras. incluindo a disputa Verbumcaudo , oitenta hectares que descem das montanhas Madonie para o rio Imera. Campiere, no feudo Corleonese de Strasatto, foi Luciano Leggio.

1970 – Jovem Mafiosos e Áreas edificadas

Enquanto isso, os nobres foram todos embora para a cidade para esbanjar suas heranças. Em Palermo, entre o final dos anos cinquenta e início dos anos sessenta, começaram a vender e revender suas terras e suas belas vilas do século XVIII, para se ver construir encima delas os edifícios da Máfia. Áreas edificadas de terra para jovens mafiosos em troca de dinheiro para os barões velhos agora reduzidos a pobreza.

Comente logo abaixo com a sua opinião e não esqueça de acompanhar sempre nosso blog.

Mafia Academy

Add Comment

Cuntrera-Caruana mafia cosa nostra
O Clã Mafioso Cuntrera-Caruana
os corleonesi
O clã mafioso Corleonesi: Uma facção que agregou muitos nomes de peso no mundo da Máfia
tráfico de drogas
A Era de Ouro do Tráfico de Drogas: Como Metanfetamina, Cocaína e Heroína se Moveram pelo Mundo Todo
Frattiano
Família criminosa de Los Angeles, mais conhecida como “Mickey Mouse Mafia”
film cassino fatos
25 Coisas que Talvez Você Não Sabia sobre o filme “Cassino”
Quem foi Mario Puzo
O Pai do Poderoso Chefão: Mario Puzo
rene-trupo4
Top 13 Oficiais Mais Corruptos dos Filmes sobre Gângster
os bons companheiros
Os Bons Companheiros Na Real
Top 10 Gangues de Motociclistas
Top 10 Gangues de Motocicletas Mais Perigosas
gangsters e contrabando 1920
Bootleggers: O Contrabando na América do Norte
estilo gangster mafioso
Por que os Mafiosos são tratados mais como Celebridades do que como Criminosos desagradáveis?
A Insolarada - iate al capone
A Islamorada: O iate de Al Capone no Canal do Panamá