MAFIA | LINHA DO TEMPO

 

1282 30/03: Habitantes de Palermo, furiosos, atacaram a força de ocupação francesa nas “Vésperas Sicilianas”. A Mafia apareceu na Sicília para rebelar-se contra o governo francês, por conta de um soldado bêbado que atacou uma jovem, na noite de núpcias desta.

1891 14/03: Um motim em Nova Orleans forçou a abertura de uma cela de prisão, após uma corte ter arquivado acusações contra 19 italianos – acusados do assassinato do chefe de polícia David C. Hemmessey. 11 dos 19 réus foram enforcados. O livro “Vendetta” de Richard Gambino, e o filme homônimo, cobriram o evento.

1902 04/07: Nasce Meyer Lansky (m.1983), um mafioso (nos registros iniciais).

1905 18/01: Joseph Bonanno (m.2002), posteriormente chefe da máfia da cidade de N.Y., nasceu em Castellmare del Golfo, Sicília.

1921 21/03: “Big Jim” Colissimo, mafioso dos EUA, é assassinado por Al Capone.

1925-1933 Moose Jaw (em Tr. Livre: “Mandíbula de Alce”), Saskatchewanense (Província no Canadá), foi usado por mafiosos mandados de Al Capone, a fim de que armazenasse licor para contrabandeá-lo aos EUA, na linha férrea Soo. Túneis subterrâneos, construídos para aquecer a cidade com vapor, foram convertidos em bases da máfia. Em 2000, “Os Túneis de Moose Jaw” foram abertos como atração turística.

1928 04/11: Arnold Rothstein (46 anos), mafioso americano, levou um tiro fatal no Grand Hotel em N.Y. Em 2005, Nick Tosches publicou “King of the Jews” (“O Rei dos Judeus”, em T. L.), uma biografia de Rothstein.

1929 06/04: nasce Joe Gallo “Louco” (T. L. para Crazy), um mafioso.

1929 07/05: Albert Anselmi, John Scalise e Joseph Giunta (o “Sapão superior” – T. L. de: “Top Toad”), gângsteres Americanos, foram assassinados por Al Capone.

1930 17/04: O chefe da Mafia, Al Capone, é solto da prisão.

1931 17/10: O mafioso Al Capone foi condenado por evasão fiscal e sentenciado a 11 anos de prisão. Ele foi solto em 1939.

1932 02/02: Al Capone é enviado para a prisão de Atlanta, Georgia, por “evasão fiscal”

193208/02: Vincent Coll, mafioso conhecido por “Cachorro Louco” (T. L.), foi morto pela gangue de Dutch Schultz.

1932 07/04: O policial Erv A. Kelley foi morto por um tiro de Pretty Boy (“Belo” em T. L.) Floyd.

193204/05: O mafioso Al Capone, condenado por pedaladas fiscais, ingressa a penitenciária federal de Atlanta

193218/05: Luigi Malvese, mafioso e contrabandista, é surpreendido numa emboscada e leva um tiro fatal em frente à Barbearia Del Monte, na Av. Columbus nº 720, S.F. (San Francisco), Ca. A polícia realizou um “pente fino”, alcançando 1.000 “suspeitos recorrentes”, numa tentativa de pressionar o retrocesso do crime organizado – que se restringiria a seus homens mais selvagens. Louis Dinato, alfaiate de Al Capone, estava entre os alcançados.

193317/06: Um agente do FBI, quatro policiais e um gângster foram mortos pela máfia no Massacre da Cidade de Kansas.

1933 10/07: O primeiro sistema de rádio policial começa a operar, em Eastchester Township, N.Y.

1934Março: Em S.F., Michael R. Catalano, avultosa figura do crime, foi assassinado.

193502/02: Pela primeira vez utiliza-se um detector de mentira num tribunal em Portage, Wisconsin.

1935 23/10: Abe Landau, gângster americano, é assassinado.

1935 23/10: Dutch Schultz (33), nascido Arthur Flegenheimer, leva um tiro na ala masculina do Palace Chop House and Tavern em Newark, Nova Jersey. Se arrastou por quase um dia antes de morrer – após ter sido alvo de um ataque da máfia. Schultz queria Thomas E. Dewey morto pois este promotor especial estava de olho no jogo do bicho que Schultz gerenciava. Um sindicato dos maiores mafiosos de Nova Iorque decidiu assassinar Schultz pois temia a ira das autoridades e decidiram contra o homicídio.

193618/06: Em N.Y., o mafioso Charles Luciano “Lucky” (“O Sortudo”, T. L.) (1897-1962) foi considerado culpado de 62 acusações de prostituição compulsória. Em 18 de Julho Luciano foi sentenciado a de 30 a 50 anos de prisão estatal (de alta segurança). Mas foi solto e deportado para a Itália em 1946.

194212/03: O mafioso (que depôs contra John Gotti) Salvatore Gravano, the Bull (“O Touro”, em T. L.), nasceu.

194404/03: Louis Buchalter, vulgo Lepker, é executado em Sing Sing juntamente de Mendy Weiss. Lepke e gângsteres companheiros tinham despachado Weiss – em 1935 – para matar Dutch Schultz, o qual havia planejado matar o promotor de N.Y. Thomas E. Dewey.

1947 25/01: O mafioso americano Al Capone morre de sífilis em Miami Beach, Fla., à idade de 48.

194707/05: Nick DeJohn, antigo capodecina na Família de Chicago, é estrangulado e tem seu corpo empalhado no porta malas de um carro estacionado em uma rua de San Francisco. Dizia-se que DeJohn havia fugido de Chicago após assassinar vários outros membros da gangue e que estava vivendo em Santa Rosa, Califórnia, sob um pseudônimo, à época de sua morte.

195005/07: Salvatore Giuliano (n. em 1922), bandido siciliano, leva um tiro da polícia, em Castelvetrano.

1957Carlo Gambino (m. em 1976) torna-se o cabeça da família criminosa Gambino e posteriormente torna-se o modelo para Don Corleone no filme “O Poderoso Chefão”.

1957Em Cuba, é construído o Hotel Capri, em Havana. O qual, tornou-se o mais destacado articulador de máfia da época. Charles Tourine administrava o clube noturno e Nicholas di Costanzo o cassino. Ambos eram associados de Meyer Lansky e Santo Trafficante.

195901/01: Fidel Castro conduziu revolucionários cubanos à vitória sobre Fulgencio Batista, que fugiu para a República Dominicana. A máfia americana cambaleou para proteger o dinheiro deles e para fechar cassinos frente a multidões que saíam às ruas e atrapalhavam seus negócios. Em 2008, o autor English Morrow lança “Havana Noturna: Como a Máfia Conquistou Cuba …e Então a Perdeu para a Revolução” (T. L.).

196226/01: Morre Charles Luciano “o Sortudo” (aos 65), gângster da Máfia de N.Y.

1962Maio: Um memorando extraído de um briefing da CIA (Agência Central de Inteligência Americana) sobre o Procurador-Geral Robert Kennedy revelou que US$ 150.000 foram oferecidos à máfia dos EUA para o assassinato de Fidel Castro. A máfia insistiu em fazer o serviço sem qualquer custo.

1964Joseph Valachi foi o primeiro membro do La Cosa Nostra a publicamente confirmar que o crime organizado existia. Ele falou sob um novo Programa de Segurança à Testemunha diante de um comitê num congresso. “Os Documento Valachi” (T. L. para “The Valachi Papers”), por Peter Maas, foi um livro escrito em 1972.

1964-1987 Agentes do FBI em Boston usaram sicários e líderes de máfia como informantes e protegeram-lhes contra toda acusação criminal em troca de informações sobre a Máfia. Isso permitiu à Gangue de Winter Hill subir no poder, dado que os procuradores trouxeram ao chão a família do crime Patriarcha.

196512/03: Edward Deegan, o “Teddy” (Pelúcia em T. L.), é encontrado morto em um beco no Chelsea, Mass. Uma semana depois, um memorando do FBI nomeou 6 homens, incluindo Vincent J. Flemmi e Joseph Barbosa (“O Animal”), como os assassinos. Barboza tornou-se a testemunha principal e forneceu falso testemunho a fim de condenar 4 homens inocentes. A Máfia da Nova Inglaterra baleou Barboza em S.F. em 1976.

1966Fred J. Cook (1911-2003) publicou “The Secret Rulers” (“Os Governantes Secretos”, em T. L.), um panorama sobre crime organizado.

1967Abril: Henry Hill (m. em 2012) completava seu primeiro roubo grandioso quando ele e Thomas DeSimone – que foi interpretado numa performance vencedora do Oscar por Joe Pesci no “Goodfellas” (1990) (No Brasil, “Os Bons Companheiros”) – roubaram ditosamente da Air France um carregamento de US$ 420.000. Hill tornou-se um informante do FBI após uma interceptação de carga do narcotráfico em 1980, e o testemunho que deu conduziu à 50 apreensões. A história de vida de Hill foi documentada no livro “Wiseguy”(1986), de Nicholas Pileggi.

197023/03: O “Boss” da Máfia, Carlo Gambino, é preso por tramar roubo de US$ 3 milhões.

197103/04: Joseph Valachi (n. em 1903), gângster dos EUA, morre na Instituição Correcional La Tuna, no Texas. Uma biografia maciçamente influenciada pelas memórias de Valachi e por entrevistas com Valachi foi escrita pelo jornalista Peter Maas, e publicada em 1968 como The Valachi Papers.

197207/04: Joe Gallo “Louco”, mafioso extravagante, foi morto à tiros na festa de seu 43º aniversário, na Clam House Umberto, em Manhattan.

197318/02: Frank Costello (n. em 1891), gângster americano nascido na Itália, morre em N.Y.

197519/06: Sam Giancana (n. em 1908), chefe ítalo-americano da máfia, é assassinado em sua casa em Oak Park, Illinois. Tinha uma história romântica com Phillis McGuire, do grupo vocal Irmãs McGuire, e recebeu mérito por auxiliar John F. Kennedy em seu empenho de ganhar as eleições presidenciais. Foi feito um filme em 1995 que ilustra o romance Giancana-McGuire.

197530/07: O antigo presidente da união dos Caminhoneiros, Jimmy Hoffa, desapareceu do local de estacionamento do Restaurante Machus Red Fox, no subúrbio de Detroit. Embora presumido morto, seus restos nunca foram achados. Ele tinha agendado encontrar-se com o capitão da Máfia Tony Giacalone (m. aos 82 em 2001) e com o chefe dos Caminhoneiros de Nova Jersey: Anthony Provenzano. Em 2004, Charles Brandt publicou seu livro “I Heard You Paint Houses” (“Ouvi Falar que Você Pinta Casas”; T. L.), no qual, diz que o responsável dos Caminhoneiros Frank Sheeran (m. em 2003) alegou ter atirado em Hoffa. Hoffa foi declarado morto, legalmente, em 1982.

197615/10: Carlo Gambino (n. em 1902), gângster americano, morre em sua casa de veraneio, em Long Island.

1976Joseph Barboza – o “Animal” – foi morto à tiros em S.F. pela Máfia de Nova Inglaterra.

1976-1981 Joe Pistone, agente do FBI, infiltra-se na família Bonanno. Seu testemunho ajudou, posteriormente, a prender mais de 120 mafiosos.

197706/12: Agentes do FBI de S.F. prendem James Fatianno (64), vulgo “Jimmy, a Doninha” (em T. L.), uma figura bastante relatada que liderava a Máfia da Costa Oeste.

197920/03: Em Roma, Itália, a Máfia mata Mino Pecorelli, um editor de revista. Em 1966, o Presidente do Conselho, Giulio Andreotti, foi à julgamento sob suspeita de envolvimento com a Máfia para assassinar o problemático jornalista. Andreotti foi absolvido por um júri, em 1999. 5 outros também foram absolvidos. Em 2002, um tribunal de recurso em Perugia sentenciou Giulio Andreotti a 24 anos de confinamento por ordenar o assassinato de Pecorelli.

1980 18/03: John Favara matou, numa batida, Frank Gotti – o filho do mafioso John Gotti – enquanto o garoto passava rapidamente, em uma bicicletinha, pela frente de seu carro, no Brooklyn. Favara desapareceu em Julho de 2008. Em 2009, foi relatado que o mafioso Charles Carneglia havia assassinado Favara e dissolvido seu corpo em ácido.

1981Houve uma guerra sanguinolenta pelo controle da família Bonanno.

198218/06: Na Itália, Roberto Calvi, diretor do Banco Ambrosiano, enforca-se, após a fraudulenta falência do banco. Em 1992, o presidente do Spa Olivetti, Carlo de Benedetti, foi condenado por contribuir com a bancarrota. Em 1996, as cortes confirmaram sua condenação e também a de 30 outros. Em 2003, o canal televisivo estatal RAI informou que os procuradores criam que a Máfia teria assassinado Roberto Calvi porque teria perdido dinheiro deles e teria sabido coisas demais sobre suas operações.

198231/07: O executivo da Jai Alai, John B. Callahan (45), levou tiros fatais em Miami pelo sicário mafioso John Martorano. O corpo de Callahan foi encontrado à 02/08 no porta malas de seu Cadillac. Em 2008, o ex-agente do FBI John Conolly foi condenado de assassinato de segundo grau, por vazar informações a mafiosos que conduziram o tiroteio mortal à Callahan. No mês 1º de 2009, Conolly foi sentenciado a 40 anos de prisão.

1982Tony Mirra, amigo mafioso de Donnie Brasco (vulgo agente do FBI Joe Pistone), foi morto à tiros.

198315/01: Morre Meyer Lansky (nascido Majer Suchowlinski, em 4 de Jul. de 1902), gângster americano. Ele e Charles Luciano “Sortudo” foram instrumentais no desenvolvimento do assim chamado “Sindicato Nacional do Crime”, nos Estados Unidos. Ele foi o ímpeto intelectual por detrás da Comissão e do suposto “Magnata da Máfia”. Em 2004, Enrique Cirules lançou o livro “The Secret Life of Meyer Lansky in Havana” (T. L.: “A Vida Secreta de Meyer Lansky em Havana”) – livro apenas disponibilizado em Cuba, em Espanhol.

1984No Japão, uma divisão no yakuza – o maior grupo de crime organizado do país – deixou cerca de duas dúzias de membros de gangues mortas em disputas territoriais.

198516/12: O renomado chefe do crime organizado Paul Castellano levou tiros até morrer, do lado externo de um restaurante da Cidade de Nova Iorque, sob ordens de John Gotti (m. em 2002). Gotti tomou o poder na Máfia após ter ordenado a morte de Paul Castellano.

1985-1991 Na Itália, uma guerra da máfia durante esse período custou a vida de quase 600 pessoas. Giovanni Tegano, um gângster veterano em Reggio Calabria, foi um participante decisivo.

1986 10/02: O maior julgamento da Máfia na história, com 474 réus, aberto em Palermo, na Itália.

1986 17/12: Richard Kuklinsky, um sicário da Máfia conhecido como Homem de Gelo (T. L. para “Iceman”), é preso em Nova Jersey. Foi achado culpado de todas as acusações, em 25 de Maio de 1988. Anthony Bruno depois lançou “The Iceman”, o livro.

1986Os corpos de Tony (48) e Michael (41) Spilotro foram encontrados enterrados num milharal de Indiana. Tony Spilotro (“o Formiga”) era uma figura top da máfia em Las Vegas. Em 2005, procuradores acusaram 11 figuras da máfia de Chicago por pelo menos 18 homicídios, incluindo o de Spilotro.

198713/03: John Gotti é absolvido de extorsão.

198929/10: Angelo Mercurio (1936-2006), um informante do FBI, participa de uma cerimônia de posse na Máfia, em uma casa suburbana de Boston. Evidências dele ajudaram a trazer abaixo a família criminosa comandada por Raymond “Junior” Patriarca.

1990 09/02: John Gotti (1940-2002) é absolvido das acusações de que ele teria comissionado a gangue Westies a atirar em um oficial da união na “Cozinha do Inferno” (T. L. para “Hell’s Kitchen”) de Manhattan. Isso lhe rendeu a alcunha de “O Teflon Don” (T. L.).

1991Joe Massino assumiu como cabeça da família Bonanno em N.Y.. Em 2004, enfrentou julgamento sob acusações de extorsão e de 7 homicídios.

1991Tano Grasso foi posto sob proteção policial após ter fundado a primeira associação anti-extorsão da Itália. Em 2011, Grasso e Lirio Abate organizaram o festival literário Trame em Lamezia Terme, focando em livros sobre a Máfia.

199202/04: John Gotti (m. em 2002), chefe da Máfia, é condenado na Cidade de Nova Iorque sobre 5 homicídios e extorsão. O subchefe Sammy Gravano, “o Touro”, forneceu testemunho. Os homicídios incluíram o golpe de 1985 sobre Paul Castellano, cabeça da família Gambino. Foi sentenciado à prisão perpétua em 23 de Junho.

1992 23/05: Na Sicília, o investigador anti-Máfia Giovannii Falcone é assassinado em uma rodovia situada em Palermo. A esposa de Falcone e 3 guarda-costas também foram mortos. O político siciliano Salvo Lima foi também assassinado. O investigador Anti-Máfia Paulo Borselinno foi morto num outro golpe relâmpago, alguns meses depois. Em 1997, Pietro Aglieri, vulgo “U Signurinu” (“Bom Cavalheirinho”), foi preso por envolvimento nos três homicídios. 24 mafiosos foram condenados no assassinato em 1997, incluindo Leoluca Bagarella.

1992 27/05: Nessa data, morre Tony Accardo (86), o “Big Tuna” (Algo como: “Tonhão”, em T. L.), mafioso (herdeiro do falecido Al Capone).

1992 23/06: John Gotti (m. em 2002), chefe da Máfia apelidado de “Don Teflon” após ter escapado ileso de diversos julgamentos durante a década de 1980, é condenado sob 14 acusações de conspiração a cometer assassinato e extorsão, e foi sentenciado à prisão perpétua, em Nova Iorque. Seu filho, John Gotti Jr., sucedeu-lhe como cabeça da família criminosa Gambino, mas foi preso em 1998.

1992 19/07: Paolo Borsellino, juiz anti-máfia italiano, é assassinado pela máfia. Em 2014, um jornal italiano relatou que o controle remoto para detonar a bomba – que matou o procurador anti-máfia Paolo Borsellino – estava escondido dentro do interfone da casa de sua mãe, (chamada Palermo).

1992 A Máfia Italiana exigiu que sentenças passadas contra 400 Mafiosos em um júri em massa, em 1987, fossem reduzidas; e, também, exigiram que uma lei – que impunha um regime de prisão duro para os mafiosos – fosse revogada. Uma lista com 12 demandas foi escrita pelo filho de Salvatore, “A Fera” Riina, em um recado em papel, enquanto seu pai estava ainda “em alta”, durante negociações secretas que foram alegadas entre o estado e a Máfia. A nota só foi tornada pública em 2009.

1993 08/01: O jornalista siciliano Beppe Alfano (n. em 1945) é morto pela Máfia.

1993 18/05: A polícia italiana prende o chefe da Máfia Benedetto Santapaola – o “Nitto”.

199320/05: Acredita-se que Giovanni Brusca teria liderado equipes que depredaram o museu Uffizi em Florença com carros-bomba. Muitos acreditam que ele foi o líder das equipes da Máfia Italiana. Em 1996, ele foi preso na Sicília e acusado de maquinar o assassinato de Giovanni Falcone, sua esposa e três guarda-costas, em 1992. Em 1998, o chefe da Máfia Lelluca Bagarella e 13 outros foram sentenciados à prisão perpétua pelos bombardeios de Maio e Julho.

199419/03: Giuseppe Diana, sacerdote anti-máfia italiana, foi assassinado.

199404/06: Gregory Scarpa, de apelido “O Ceifador Macabro” (T. L. para “The Grim Reaper”), é morto em uma prisão de Minnesota. Ele era soldado da família criminosa Colombo, e informante para o FBI.

199430/11: Loanshark Sabato Lombardi é assassinado durante uma partida de cartas no Brooklyn. Mario Fortunato, da famosa padaria Fortunato Brothers em Greenpoint, foi depois condenado em cortes federal e estadual por planejar o assassinato. Ambos vereditos foram anulados por tribunais de recurso. Em 2014 Fortunato ganhou uma transferência no valor de US$ 300.000 no Tribunal de Recursos no estado de N.Y.

1994Roberto Pannunzi, mafioso italiano, é preso na Colômbia. Ele havia forjado elos com cartéis colombianos para um comércio transatlântico de cocaína. Ele foi extraditado para a Itália e solto quando sua detenção expirou. Foi novamente preso em 2004, mas desapareceu em 2009, quando foi enviado a uma clínica particular próxima de Roma após um ataque cardíaco.

1996 13/04: Morre o criminoso James Burke – ou “Jimmy the Gent” (64).

1997 Estreou o filme Donnie Brasco de Mike Newell, com Al Pacino e Jhonny Depp. Foi baseado numa história verídica de um agente do FBI, Joseph D. Pistone, que se infiltrou na máfia em 1976 e escreveu Donnie Brasco: My Undercover Life in the Mafia (No Brasil, “Minha Vida Secreta na Máfia”, editora Civilização Brasileira – 1990) em 1988.

199819/03: O membro suspeito da máfia, Giuseppe Magaddino, leva um tiro e morre. O siciliano membro da Máfia Claudio Adriano Giusto foi depois acusado de matar Magaddino usando uma arma de fogo de 7.65mm e, então, levar sua carteira. Giusto foi preso na Espanha após 13 anos de fuga.

1999 Chris Paciello foi acusado pelo homicídio via invasão domiciliar de uma dona de casa de Staten Island. Ele confessou ter a Máfia financiando suas boates, e desapareceu ao ingressar o Programa de Proteção à testemunhas.

1999John A. Gotti Jr. foi declarado culpado por atividades de negócios ilegais e extorsão, e aceitou uma sentença de 6 anos de prisão.

200014/01: Em Boston, investigadores encontram os corpos de 2 homens e uma mulher que se crê que sejam de vítimas dos mafiosos Stephen Flemmi, “O Homem Rifle” (T. L. para “The Rifleman”) e James Bulger, o “Whitey”. Um dos corpos foi relatado ser de Arthur Barret, o “Bucky” (Algo como “Tostão”, em T. L.), um dos seis homens que roubaram 1,5 milhão em um assalto à banco de 1980.

2000 24/02: É preso, no Arizona, Salvatore Gravano – “Sammy o Touro” – por financiar uma aliança de drogas conduzida por Michael Papa, o membro fundador de uma gangue supremacista branca.

2001 23/02: Anthony Giacalone, mafioso de Detroit, morre aos 82.

2001 23/08: Peter Maas, romancista e escritor realista, morre aos 72 anos. Em sua obra incluiu-se “The Valachi Papers” (1969 – Já no Brasil: “O Caso Valachi”, editora Livros do Brasil), “Serpico” (homônimo no Brasil, pela editora Portugália), “The King of Gypsies” (No Brasil: “O Rei dos Ciganos”, editora Portugália) e “Underboss: Sammy the Bull Gravano’s Story of Life in the Mafia” (sem tradução no Brasil, porém, em T. L. significa: “Subchefe: História da Vida na Máfia de Sammy Gavano, o Touro”).

2002 11/05: Joseph Bonanno (97), ex-chefe da Máfia, morre em Tucson. Sua autobiografia intitula-se “A Man of Honor” (“Um Homem de Honra”, em T. L.)

2002 06/09: Salvatore Gavano, mafioso vira-casaca vulgo Sammy o Touro, é sentenciado a 20 anos de prisão. Em 1998, Gravano assumiu a operação em fracasso de tráfico de drogas de seu filho, uma boca de fumo de êxtase. Gravano foi declarado culpado em 2001.

2002 Na Itália, Francesco Sbano coproduziu um novo CD malavita (música folk mafiosa; literalmente “inferno”, do italiano): “La Musica della Mafia”.

2003 06/03: A polícia italiana invade uma casa em Palermo e captura Salvatore Rinella (49), um alto chefe da Máfia.

2003 23/11: Adolfo Bruno (57), o “Grande Al”, chefe da máfia regional, é morto em Springfield, Mass. Em 2008, Frankie Roche (35), um membro da máfia de baixo nível, confessou o homicídio.

2004 27/05: Vito Bigione (52), um dos suspeitos da Máfia mais procurados, é capturado na Venezuela. Foi acusado de ter tido papel decisivo no tráfico internacional de drogas, e voou de volta para a Itália. Bigione gastara anos vivendo na Namíbia e apenas recentemente se mudara para a Venezuela.

2004 30/07: Na cidade de N.Y., Joseph Massino – um chefe do crime de Bonanno – foi condenado por orquestramento de um assassinato, pedaladas financeiras, incêndio culposo e extorsão pelos últimos 25 anos.

2004 17/12: O ministro dos governos locais da Itália afirma que 181 pessoas foram presas nos últimos 3 meses em uma repressão sobre a Camorra, em Nápoles – cuja guerra pelo território agora ofusca àquela da máfia siciliana.

2004 18/12: A polícia de Nápoles afirma ter quebrado uma proteção mafiosa à uma pedalada financeira focada em padarias locais e fábricas de farinha de trigo.

2005 22/01: Na Itália, em uma guerra dentro da Camorra (a máfia regional de Nápoles), é relatada como responsável pela morte de 35 vidas nos últimos 4 meses.

2005 09/03: O chefe atuante da família Gambino em N.Y. e ao menos 30 outras figuras de máfias são presos após uma operação encoberta do FBI.

2005 09/03: Em Las Vegas, 2 detetives de polícia aposentados – Louis Eppolito (56) e Stephen Caracappa (63) – são presos por acusações federais de terem tomado parte em 8 homicídios à favor da Máfia. Em 2009, ambos foram sentenciados à prisão perpétua.

2005 25/04: Em Chicago, 11 reputadas figuras são indiciadas sob acusações de tramar ao menos 18 assassinatos, incluindo o ataque à Tony Spilotro em 1986.

2005 23/06: Joseph Massino – que foi galgando desde a escola primária até o mais alto escalão da Máfia de N.Y. – virou a casaca numa traição que abalou o crime organizado. Foi sentenciado à prisão perpétua após admitir seu envolvimento em oito homicídios da máfia.

2005 11/07: Um juiz ordena a prisão e isolamento de três diretores veteranos do Banco di Credito Cooperativo Sofige Gela, um pequeno banco da costa sulista da Sicília. Tinham estado sob investigação por auxílio e cumplicidade à Máfia.

2007 15/08: Na Alemanha, 6 italianos levam tiros fatais na cabeça, na cidade ocidental de Duisburg; uma chacina que o ministro dos governos locais da Itália disse se assemelhar – pelo estilo de execução – a uma contenda prolongada entre dois clãs italianos do crime organizado. Em 12 de Março de 2009, a polícia alemã prendeu Giovanni Strangio (30), um italiano procurado pelos homicídios em Duisburg.

2007 22/10: Um grupo de influência política para pequenos negócios alegou receita vinda do crime organizado, em quantias estimadas de até 127 US$ bilhões anualmente, tornando-se o maior segmento da economia.

2007 23/10: A polícia tomba um clã ítalo-canadense da máfia que operou tráfico de drogas e operações de lavagem de dinheiro, mantendo 12 pessoas presas e alcançando milhões de dólares em ativos. O clã era conduzido a partir do Canadá por Nick e Vito Rizzuto – um pai, o outro filho – os quais, foram presos por crimes anteriores em 2006 e 2005, respectivamente.

2007 03/12: Daniele Emmanuello (43), o poderoso chefão de Gela, Sicília, é morto enquanto em tentativa de fuga da polícia. Ele era considerado um dos 30 fugitivos mafiosos mais perigosos da Itália.

2007 04/12: Na Itália, Vincenzo Santapaola, um provável chefe da Máfia, e vintenas de supostos mafiosos são presos durante investidas em Catania, Sicília. A polícia também apreendeu drogas e armas, e encontrou um livro que listava taxas de extorsão e salário das pessoas que trabalhavam para a família.

2007 15/12: Autoridades italianas alegam ter capturado Edoardo Contini (52), um chefe do crime em Nápoles, fugitivo, que construiu um dos mais perigosos cartéis italianos.

2007 Joseph Dominick Pistone (n. em 1939), vulgo Donnie Brasco, lançou o livro “Donnie Brasco: Unfinished Business” (Em T. L.: “Donnie Brasco: Negócios Não Finalizados”). Pistone, um ex-agente do FBI, trabalhou à paisana por seis anos (1967-1981) infiltrado na família Bonanno e num ramo menor da Família Colombo, ramos da Máfia da cidade de N.Y.

2007 Roberto Saviano lança “Gomorra: A História Real de um Jornalista Infiltrado na Violenta Máfia Napolitana” (Editora Bertrand Brasil)

2008 16/01: A polícia italiana prende vintenas de suspeitos a mafiosos em Palermo, na última incursão à esconderijos da Máfia Siciliana.

2008 18/01: Um tribunal em Palermo condena o Gov. da Sicília Salvatore Cuffaro por auxiliar ao chefe da Máfia e o sentencia a cinco anos de prisão.

2008 07/02: Autoridades na Itália e nos EUA conduzem incursões que atingem dúzias de supostos membros de clãs da Máfia que controlavam o tráfico de drogas entre os dois lados do Atlântico. Uma acusação formal de 169 págs. feita nos EUA retrocedia três décadas e incluia, ao menos, 7 homicídios. Os principais alvos em N.Y. incluíam 3 das “cinco famílias” controladoras do crime organizado na América: as famílias Genovesa, Bonanno e Gambino.

2008 13/02: Na Itália, a polícia invade lotes em Calabria e emite mandados de prisão para 57 pessoas, incluindo políticos, banqueiros, negociantes, na última varredura da máfia – que focou no tráfico de drogas e nas pedaladas de extorsão.

2008 18/02: A polícia italiana captura Pasquale Condello (57), o alto chefe de um poderoso sindicato do crime organizado. O clã criminoso de Condello foi um dos mais poderosos das famílias ’Ndrangheta, e Condello havia recebido vários termos de prisão perpétua por quatro homicídios e outros crimes.

2008 04/03: A polícia italiana alega ter apreendido 150 milhões de euros em propriedade e bens de clãs em disputa da máfia Calabrian, que estão em investigação pelo assassinato de seis italianos no pátio de uma pizzaria na Alemanha, no ano passado.

2008 15/03: Milhares de italianos marcharam em um protesto anti-máfia e conclamaram que todos os cidadãos publicamente se opusessem aos poderosos sindicatos criminosos da Itália.

2008 07/04: A polícia italiana prende 38 suspeitos numa varredura contra um clã do sindicato de crime organizado ’Ndrangheta acusados de homicídio, extorsão além de tráfico de drogas e de armas.

2008 30/07: Nicholas Corozzo (68), capitão da máfia da cidade de Nova Iorque, é declarado culpado de pedaladas fiscais e de 2 homicídios em 1996. Em 2009, foi sentenciado a 13 anos de prisão.

2008 Jul., Na Itália, Carmelo Novella (58), o “Nuzzo”, um suposto mafioso, leva um tiro fatal em um bar de San Vittore Olona após defender o ponto de vista de que o ’Ndrangheta, na parte norte da Itália, deveria ser autônomo.

2008 05/08, John A. Gotti, o “Junior” (44), é preso em sua casa em Long Island, sob acusações que ligavam-no a três homicídios em Nova Iorque. Em 1999, Junior Gotti foi declarado culpado por crimes de pedaladas fiscais incluindo: suborno, extorsão, jogos de azar e fraude. Ele foi sentenciado a 77 meses de prisão e foi solto em 2005.

2008 30/10: A polícia italiana prende vintenas de suspeitos a mafiosos, incluindo três grandes fugitivos que acredita-se estarem ligados ao assassinato à moda gângster de seis imigrantes africanos, próximo à Nápoles.

2008 11/10: Forças de segurança italianas, inclusive tropas de paraquedismo do exército, prendem sete membros da máfia Camorra, os quais, acreditou-se que estivessem ligados à chacina de imigrantes africanos próximo à Nápoles, no mês anterior.

2008 13/10: A polícia italiana prende cinco pessoas na região de Calabria, incluindo o prefeito de Rosarno, por laços suspeitos à máfia local.

2008 16/10: A polícia italiana prende Antonio Pelle (46), um declarado mafioso fugitivo, que acreditou-se que fosse o cabeça de um clã do crime organizado envolvido no assassinato de seis pessoas na Alemanha, no ano anterior. Sua família estava envolvida numa rixa que conduziu, em 15 de Ago. de 2007, ao assassinato de seis italianos no pátio de um restaurante de Duisburg, Alemanha.

2008 04/11: A polícia italiana prende 47 pessoas, entre elas a esposa de um chefe da máfia preso, em incursões a um sindicato do crime organizado com base em Nápoles. Eles também apreenderam contas e ativos no valor de quase 80 milhões de euros (aprox. US$ 102 milhões) nas incursões.

2008 06/11: Na Itália, Domenico Magnoli (27), um mafioso declarado, acordou numa clínica particular italiana após uma cirurgia de lipoaspiração, e foi preso por traficar cocaína. A polícia alegou que Magnoli, nascido em Cannes, na França, tinha ligações com o clã criminoso Piromalli, no sindicato ’Ndrangheta.

2008 17/11: Um carro levando um dos mais elevados kingpinsda máfia de Israel explodiu enquanto viajava no centro de Tel Aviv, matando-o. E, com isso, ameaçando desencadear a maior guerra possível no submundo – cada vez mais violento – de Israel.

2008 18/11: Autoridades italianas na Sicília apreendem de Giuseppe Grigoli – dono de uma rede de supermercados – ativos no valor, em euros, de 700 milhões (ap. US$ 885 milhões). Ele era suspeito de deixar a Máfia usar seus empreendimentos para lavar dinheiro.

2008 16/10: A polícia italiana, com o reforço de helicópteros, prende quase 90 suspeitos de serem mafiosos – e frustram um plano da manquejante Máfia siciliana de se reconstituir e formar uma nova comissão de governo para estabelecerem estratégias. Gaetano Lo Presti (52), que foi declarado chefe de uma vizinhança de Palermo, enforcou-se na prisão, horas após ter sido preso em uma operação de ataque repentino contra a Cosa Nostra – ou, Máfia siciliana.

2009 14/01: A polícia italiana prende Giovanni Setola, um alto fugitivo da máfia, que tinha escapado de uma captura anteriormente nesta mesma semana, através de um alçapão que ia para um esgoto, abaixo de seu esconderijo.

2009 06/03: Os ex-detetives de polícia da cidade de N.Y., Louis Eppolito e Stephen Caracappa são sentenciados à prisão perpétua por terem sido declarados culpados por 8 homicídios sobre gângsteres. Faziam expediente noturno como sicários para a família criminosa Luchese enquanto integravam a força policial, durante a década de 1980.

2009 21/03: Dezenas de milhares de pessoas marcham em Nápoles num memorial honroso pelas vítimas da máfia, e também para exigir um fim à opressão do crime organizado na Itália sulista.

2009 15/05: Na Espanha, a polícia prende Raffaele Amato, um suposto chefe do sindicato Camorra. Os investigadores afirmaram que Raffaele possivelmente seria um dos maiores importadores de cocaína da Itália.

2009 19/05: A polícia italiana prende Franco Letizia (31), um dos fugitivos “mais perigosos”, em incursões que capturaram ao menos 70 suspeitos de serem membros do sindicato criminoso de Camorra baseado na Itália. A busca por dúzias mais ainda estava em curso.

2009 16/06: A polícia italiana afirma ter apreendido 13 pessoas com suspeita de envolvimento ativo auxiliando um perigoso fugitivo da Máfia a esconder-se, a comunicar-se com outros mafiosos e a tocar seus negócios. Os investigadores disseram estar fechando o cerco sobre Matteo Messina Denaro, um fugitivo que estaria, entre um punhado de mafiosos, competindo para assumir a Máfia siciliana. A maior parte das apreensões foi conduzida a retirar-se para Trapani, uma cidade na Sicília ocidental que é a base do poder de Messina Denaro.

2009 20/06: Na Venezuela, autoridades prendem Salvatore Miceli, suspeito de ser um intermediário vital em transações do tráfico de drogas – e um dos mais perigosos fugitivos da Máfia, quando fugiu seu apartamento, em Caracas. A polícia também capturou mais dois outros italianos suspeitos.

2009 22/07: Autoridades italianas confiscam cerca de 200 milhões de euros (US$ 284 milhões) em ativos e empresas possuídas pelo sindicato criminosos ’Ndrangheta, incluindo o Café parisiense do famoso filme “La Dolce Vita”. 12 outros restaurantes apartamentos e carros de luxo também foram confiscados na operação.

2009 31/10: A polícia italiana prende um dos fugitivos da máfia mais procurados do país, após derribarem uma parede em uma incursão matutina numa fazenda aviária próxima a Nápoles – onde ele havia construído um esconderijo. Salvatore Russo (51), o cabeça de um clã Camorra que levava seu nome, foi sentenciado à prisão perpétua por homicídio e ligações ao crime organizado, e esteve ativo desde 1995.

2009 15/11: A polícia italiana captura o mafioso condenado Domenico Raccuglia, um dos maiores fugitivos da máfia da Sicília, em um apartamento próximo de Trapani.

2009 01/12: Oficiais italianos afirmam que a polícia desbaratou um clã maioral da máfia, emitindo 83 mandados de prisão e confiscando empresas, terrenos, cavalos de corrida e uma empresa de apostas online com base em Londres. Políticos locais e empresários do sul da cidade de Bari estavam entre os envolvidos – dos que fizeram parte de uma operação de 3 anos chamada “Dominó” – para colaborar com o clã Parisi.

2009 04/12: Um assassino preso da máfia liga o Prim.º Min.º italiano, Silvio Berlusconi, ao clã Cosa Nostra, dizendo em um tribunal que um padrinho condenado por uma campanha de bombardeio de 1993 teria se gabado de suas ligações com o magnata da mídia.

2009 05/12: A polícia italiana encontra o condenado Mafioso Gianni Nicchi (28), acusado de ser líder No. 2 do Cosa Nostra, que se escondia em um apartamento em Palermo. Nicchi, fugitivo desde 2006, fora condenado no ano anterior por extorsão e sentenciado a 18 anos de prisão. Autoridades de Milão prenderam Gaetano Fidanzati (74) enquanto caminhava por uma rua. Fidanzati é um antigo chefe de renome do Cosa Nostra, de um clã criminoso de Palermo, e vinha sendo fugitivo por dois anos.

2009 Mike Dash lança o livro: “The First Family: Terror, Extortion, Revenge, Murder, and the Birth of the American Mafia” (Em T. L.: “A Primeira Família: Terror, Extorsão, Vingança, Assassinato, e o Nascimento da Máfia Americana”).

2010 02/02: A testemunha especial, em um julgamento da Máfia na Sicília, conta no tribunal que um aliado próximo do Prim.º Min.º Silvio Berlusconi teria tido ligações diretas com o antigo “Chefe dos Chefes” do Cosa Nostra.

2010 10/03: A polícia nacional em Roma afirma que 20 mandados foram emitidos em Palermo até agora e que seis prisões foram feitas nos Estados Unidos. A polícia ainda afirma que a repressão teve como alvo uma família criminosa da Máfia baseada em Palermo, e que os indicados nos mandados são suspeitos de serem mafiosos e de operarem extorsão, lavagem de dinheiro e operações do tráfico de drogas.

2010 15/03: A polícia italiana prende os “carteiros” do alto chefe da máfia – 19 assessores próximos que entregavam notas das que Matteo Messina Denaro costuma escrever para emitir ordens, de seu esconderijo.

2010 26/04: A polícia italiana prende Giovanni Tegano (70), um mafioso veterano que estava foragido há 17 anos, em uma casa em Reggio Calabria. Ele estava entre os homens mais procurados do grupo do crime organizado ’Ndrangheta.

2010 10/05: A polícia anti-máfia italiana afirma ter rompido uma aliança atípica entre três sindicatos criminosos principais da Itália, controladores de mercados de produtos por atacado, que faziam até mesmo tabelação de preços entre empresas diferentes (o famoso “price fixing”).

2010 14/05: Em Nova Jersey, 34 supostos membros e associados da Família Lucchese são indiciados no âmbito de uma operação de jogo ilegal.

2010 15/06: A polícia italiana prende Nicola Schiavone, um poderoso mafioso do sindicato criminoso Camorra, em sua casa de campo em Casal di Principe, uma cidadezinha ao norte de Nápoles. Ele é o filho do mafioso preso Francesco Schiavone, supostamente o alto chefe de longa data do clã. Outro, dos filhos mais velhos de Schiavone, foi preso no mês anterior.

2010 25/06: No sul da França, é preso Giuseppe Falsone – um mafioso italiano e um dos top 30 fugitivos mais procurados do país, em Marselha.

2010 27/06: Nesta data, é relatado que residentes de Vienna teriam sido vítimas de assaltos, nas últimas semanas. O ministro austríaco de causas locais suspeita que muitos dos assaltantes teriam vindo da República da Geórgia, e que teriam sido apoiados pela Máfia georgiana. O suposto chefe local, dono de um restaurante em Viena, foi preso. A polícia suspeita, então, que os roubos teriam sido parte de um plano para financiar um golpe contra Pres. georgiano Saakashvili.

2010 13/07: A polícia italiana lança uma de suas maiores operações já feitas contra o poderoso clã criminal ’Ndrangheta, prendendo 300 pessoas – incluindo altos chefes, e confiscando milhões em valor de propriedade em incursões na madrugada.

2010 22/07: Na Itália, a polícia dá procedência à seis prisões, e sustenta que membros da máfia Camorra obtiveram contratos para reconstruírem a cidade de L’Aquila (atingida por um terremoto) com a ajuda de quatro empregados de um banco.

2010 14/08: Na Itália, a polícia da Sicília afirma ter dado um tiro certeiro no âmago do império financeiro de um associado da Máfia condenado – confiscando 800 milhões de euros (mais de US$ 1 bilhão) em propriedade e negócios, incluindo uma clínica para pacientes cancerosos e um time de futebol local. O magnata da saúde local Michele Aiello (53) é condenado por associação com a Máfia, corrupção e fraude, e é sentenciado a 15 anos e meio de prisão.

2010 23/09: Na Itália, investigadores Carabinieri (força militar e civil conhecida por não compactuar com a corrupção) do sul da Calabria afirmam que um bilhete lotérico ganhador de 8 milhões de euros (do jogo numérico Superenalotto) foi vendido numa tabacaria – cujo dono desta seria o padrasto de um suspeito preso numa sondagem por drogas. O vencedor evadiu-se de impostos e juros porque a mamata tinha sido depositada em um banco. Os mafiosos conseguiram uma desculpa para abrir uma mega conta. A lei italiana requer que pessoas que venham a fazer grandes depósitos provem que os fundos não sejam ilegais. A polícia confiscou desse suspeito mafioso preso milhões de euros traduzidos em ativos.

2010 20/10: A polícia italiana prende Antonio Cortese. Ele seria suspeito de plantar uma bazuca descarregada e de executar um bombardeio anteriormente nesse mesmo ano, o qual, depredou a entrada do palácio da justiça Reggio Calabria, no sul da Itália. O vira-casaca Antonino Lo Giudice, um ex-alto chefe do ’Ndrangheta, acusou Cortese de plantar explosivos numa tentativa de intimidar procuradores.

2010 23/10: Na Itália, o fugitivo da máfia Gerlandino Messina (38) é apanhado pela força Carabinieri em Favara, próximo a Agrigento, na base de seu poder na Sicília. Ele tinha estado foragido por 11 anos antes de ser preso.

2010 10/11: No Canadá, o suposto patriarca da Máfia Nicolo Rizzuto (n. em 1924) é morto à tiros em sua casa, em Montreal.

2010 17/11: A polícia italiana captura Antonio Iovine (46), um dos mafiosos mais procurados do país. Ele era considerado a mente pensante por trás dos clãs do sindicato criminoso Camorra, no aspecto financeiro.

2010 23/11: Autoridades no sul da Itália prendem dois homens numa operação a suspeitos de serem mafiosos, um desenvolvimento que reflete o papel crescente de mulheres operando nos negócios da máfia. As presas foram Carmelina Capria, esposa do chefe de clã preso Antonio Pesce, e Maria Grazia Pesce, esposa do chefe fugitivo Roberto Matalone.

2010 Na Itália, a Operação Gaiola (no sentido de “prisão”) leva a prisão de mais de 40 pessoas associadas com o grupo do crime organizado ’Ndrangheta.

2011 19/01: Luigi Manocchio – o renomado cabeça da família criminosa Patriarca de Nova Inglaterra – é preso em Fort Lauderdale, Fla.

2011 20/01: Agentes do FBI dos EUA desferiram outra pancada fortíssima às cinco famílias criminosas da Máfia de Nova Iorque – por meio da prisão de cerca de 127 suspeitos a serem mafiosos ao longo do nordeste por acusações que incluíam: homicídio, extorsão e narcotráfico.

2011 09/02: Enrico Ponzo, vulgo Jay Shaw (shaw, em T. L., quer dizer “moita”), comparece a uma sala de tribunal em Boise para enfrentar processos decorrentes de uma acusação de 1994 por manobras financeiras ilícitas e tentativa de homicídio. O mafioso da Nova Inglaterra havia desaparecido em 1994, após tentar matar seu chefe, Frank Salemme, ex-cabeça da Família Patriarca do clã La Cosa Nostra.

2011 08/03: A polícia italiana apreendeu 31 suspeitos em uma grande repressão sobre o sindicato criminoso ’Ndrangheta. 6 suspeitos, todos sendo cidadãos italianos, foram apreendidos na Alemanha por meio de um mandado de prisão europeu emitido pela Itália. 3 suspeitos no Canadá e um na Austrália ainda estavam sendo procurados. Entre aqueles apreendidos na Itália estava Francesco Maisano – chefe que tentou esconder-se num container do subsolo, quando a polícia invadiu seu lar.

2011 18/04: A polícia espanhola prende o fugitivo da máfia siciliana Claudio Adriano Giusto (43) após 13 anos foragido por homicídio e roubo. Giusto foi acusado de atirar e matar a Giuseppe Magaddino com uma arma de fogo 7.65mm e de ter pegado sua carteira na Itália, em Março de 1998.

2011 23/04: A polícia italiana prende Francesco Campana (38), que foi declarado como sendo o chefe Nº 1 do sindicato do crime organizado baseado em Puglia, a região que forma (ao mapa, geograficamente) o “salto” da “bota” italiana.

2011 03/05: Os procuradores anti-máfia da Itália afirmam que 80 Mafiosos de dois sindicatos do crime proeminentes foram presos, em operações separadas. 40 foram presos por associação ao sindicato criminoso ’Ndrangheta, em Calabria. Os outros 40, em Nápoles, foram acusados de traficarem drogas entre a Itália e a Espanha.

2011 23/05: O renomado chefe da máfia de Philadelphia Joseph Ligambi e 12 outros são indiciados sob acusações de pedaladas financeiras e jogos de azar.

2011 22/06: O chefe da máfia James Bulger “Whitey” (81) é capturado próximo de Los Angeles, junto de sua namorada de longa data Catherine Greig, após 16 anos em fuga que causaram embaraços ao FBI e que expuseram o relacionamento corrupto dessa agência de inteligência com os informantes do submundo.

2011 23/09: Agentes federais de Rhode Island dizem ter desferido um golpe marcante nas fileiras da máfia da Nova Inglaterra com as prisões de Edward Lato (64), Alfred Scivola (70), Raymond Jenkins (47) e Albino Folcarelli (53).

2011 24/11: O corpo do declarado chefe da Máfia Salvatore Montagna, sobre o qual as autoridades americanas afirmaram ter uma vez conduzido a notável família criminosa – de Nova Iorque – Bonanno, foi retirado de um rio ao norte de Montreal.

2011 30/11: Na Itália, um juiz, um político e um oficial de polícia ficam entre os 10 detidos de uma repressão para com o sindicato criminoso ’Ndrangheta em Milão e na Reggio Calabria sulista.

2011 07/12: A polícia italiana captura Michele Zagaria, um dos fugitivos e mafiosos mais procurados, prendendo, assim, o último chefe maioral do clã Casalesi do Camorra napolitano, um dos clãs mais sanguinários da máfia na Itália.

2011 Federico Varese dá autoria a “Mafias on the Move: How Organized Crime Conquers New Territories” (Em T. L.: “Máfias em Curso: Como o Crime Organizado Conquista Novos Territórios.”)

2012 20/01: Um tribunal federal de recurso americano em Boston faz julgamentos multimilionários em dólares, os quais descobrem o governo federal como sendo responsável pelas mortes de 3 pessoas alegadamente assassinadas por James Bulger, o “Whitey”. O FBI havia usado Bulger e o associado Stephen Flemmi como informantes, e lhes forneceu proteção da procuração.

2012 12/06: Um juiz federal em Boston sentencia Catherine Grieg (61) – namorada do mafioso James Bulger “Whitey” – a 8 anos de prisão por ajudar Bulger a permanecer foragido por 16 anos.

2012 23/08: Na Itália, um atirador acerta e mata Gaetano Marino (48), um chefe do Camorra napolitano, enquanto o chefe estava vestido de roupas para mergulho e caminhava de uma praia para encontrar-se com sua família em um hotel, que ficava numa cidade central por atrações turísticas, ao sul de Roma. Marino tinha perdido ambas as mãos numa explosão, enquanto plantava uma bomba, na década de 1990.

2012 04/11: No Canadá, Joseph di Maulo, considerado kingpin da Máfia, leva um tiro fatal numa via à caminho de sua casa em Quebec.

2012 14/11: Em Rhode Island, Anthony L DiNunzio, cabeça atuante da Máfia da Nova Inglaterra, é sentenciado a 6 anos e meio de prisão por introduzir-se a clubes de strip locais a fim de guardar dinheiro.

2012 20/12: Um tribunal tailandês ordenou a extradição de Vito Roberto Palazzolo (65), um banqueiro italiano fugitivo descoberto como sendo o culpado por lavar dinheiro para alguns dos maiores mafiosos da Itália através de pizzarias Nova Iorquinas de 1975 a 1984. Palazzolo escrevei acerca de suas causas legais e de ter sido alvo da varredura – na sondagem “Pizza Conection” – em seu site na rede: www.vrpalazzolo.com

2012 25/12: O mafioso chicagoense Frank Calabrese Sr. (75) morre em uma prisão federal da Carolina do Norte. Estava entre 5 homens condenados em Setembro de 2007, no julgamento Family Secrets.

2013 03/04: Investigadores anti-máfia na Itália afirmam ter capturado, em dinheiro e propriedade, o recorde de € 1.3 billion (US$ 1.7 bilhão) de Vito Nicastri (57) por fraude fiscal. O empreendedor de energia alternativa siciliano é culpado de ter laços fortes com a Máfia.

2013 06/07: Na Colômbia, Roberto Pannunzi, suspeito de ser chefe da máfia italiana, é preso e deportado para a Itália. Foi descrito como o traficante de drogas mais procurado da Europa e também maior importador de cocaína do mundo.

2013 09/07: Na cidade de N.Y, nove membros de renome da família criminosa Bonanno são culpados numa acusação formal (de 158 páginas) de atividade na máfia.

2013 26/07: A polícia italiana afirma que um clã da máfia em Calabria dissimulou centenas de batidas de carro falsas, com o objetivo de ganhar milhões de euros em pagamentos de seguro para comprar drogas e armas.

2013 07/08: A polícia britânica prende Domenico Rancadore (64), um membro veterano de um clã da máfia italiana. Ele havia sido sentenciado a sete anos de cadeia enquanto estava foragido e foi detido no oeste de Londres sob um mandado de prisão europeu.

2013 21/09: O governo italiano anuncia que a polícia nos Países Baixos prendeu a Francesco Nirta, um chefe veterano da máfia e um dos 10 homens mais procurados da Itália.

2013 05/11: O jornal italiano La Repubblica relatou que um grupo de cientistas da computação italianos lançou um website, Mafialeaks, com foco em encorajar vítimas do crime organizado e antigos gângsteres a “desembucharem” informações.

2013 28/11: A Alta Corte da Inglaterra revogou uma decisão de garantia de fiança a um chefe da máfia italiana, o qual foi preso em Londres após duas décadas de fuga da polícia. Domenico Rancadore era procurado na Itália para que cumprisse um mandado de sete anos de cadeia por seu papel na máfia siciliana, e as autoridades estão buscando sua extradição.

2013 13/12: A polícia italiana afirma ter prendido 30 pessoas ligadas a Matteo Messina Denaro, o cabeça do clã Cosa Nostra, incluindo sua irmã e vários primos, no ocidente da Sicília.

2014 22/01: A polícia italiana confisca 27 pizzarias, cafés dentre outros restaurantes no âmago de Roma e também em outros locais, em uma varredura com especial atenção em negócios aparentemente legítimos que abrigassem o crime organizado em locais distantes da base dos mafiosos – que fica em Nápoles.

2014 23/01: A polícia da cidade de Nova Iorque prende Vincent Asaro (78) e lhe acusa de ajudar a conduzir o 11/12/1978 – um saque no Aeroporto Kennedy que capturou quase US$ 6 milhões em grana e joias. Asaro foi indicado junto de seu filho, ambos capitães na família criminosa Bonanno, e de três outros réus em uma acusação de amplo escopo.

2014 19/02: Um tribunal italiano sentenciou Rafaelle Lombardo, ex-governador da Sicília, a seis anos e oito meses de prisão por ligações com a Máfia. Ele havia se aposentado em 2012, após uma acusação formal.

2014 17/03: Um juiz britânico ordena que Domenico Rancadore (65), um chefe da Máfia condenado, terá permissão de retornar ao conforto de seu lar na Londres ocidental ao invés de ser enviado de volta para a Itália e ser posto em prisão. O juiz mencionou preocupações acerca das condições nas prisões italianas.

2014 03/04: A polícia italiana prende Nicola Cosentino, ex-membro do governo de Silvio Berlusconi, acusando-o de conspirar com a máfia para reduzir a competitividade contra o empreendimento de distribuição de petróleo de sua família, próximo à Nápoles. Vinte outros também foram presos sob suspeita de extorsão e práticas injustas de competitividade.

2014 04/04: A polícia britânica prende Domenico Rancadore novamente, em Londres, após ela ter recebido uma nova solicitação de mandado de prisão da Itália. O mandado alega que o sexagenário (65) teria uma “sentença pendente de sete anos de confinamento para cumprir por participação em associação mafiosa” de 1987 a 1995, na Sicília.

2014 27/04: A polícia da República Dominicana prende Nicola Pignatelli (43), considerado membro de alto escalão da máfia italiana. Ele tinha fugido da Itália em 2011 para evitar uma sentença prisional.

2014 13/06: Na Itália, Marcello Dell’Utri, um aliado de longa data do ex-Prim.º Min.º Silvio Berlusconi, é extraditado para a Itália sob a guarda da Interpol, e transferido a uma prisão na cidade nortista de Parma. Autoridades afirmaram que ele havia fugido para o Líbano para escapar de uma sentença prisional por associação à Máfia.

2014 09/07: O ministro espanhol das causas locais afirma que a polícia em Madri prendeu 32 suspeitos de serem membros do grupo criminoso da Itália “Camorra”, estando envolvidos em tráfico de drogas, extorsão, fraude e lavagem de dinheiro. Quatro prisões também são relatadas na Itália.

2014 16/12: A polícia italiana afirma ter prendido 59 suspeitos em uma sondagem por laços entre o sindicato do crime organizado ’Ndrangheta e homens de negócios de Milão, incluindo o que foi considerado “esforços para emboscar negócios alimentícios” do estado de San Siro.

2014 19/12: A polícia italiana confisca construtoras, apartamentos, vilas e um iate pertencentes a Cristiano Guarnera, um empresário cujas autoridades consideram que tenha se consorciado com uma gangue aparentemente da Máfia, em Roma, que tinha laços com políticos locais.

2015 28/01: A polícia italiana conduziu uma imenso escaneamento para com um clã da máfia calabriana operando no norte, prendendo 110 pessoas e confiscando mais de 100 milhões de euros (US$ 114 milhões).

2015 Janeiro: A polícia italiana invadiu e fechou uma cadeia de mais de 20 pizzarias que alegam pertencer ao grupo criminoso Camorra – máfia da parte sulista da cidade de Nápoles e sua região ao entorno, Campania.

2015 20/02: Uma corte britânica revoga uma ordem prévia de que prisões superlotadas na Itália podem ferir aos direitos humanos do cidadão, caso permitissem que o mafioso siciliano condenado Domenico Rancadore (65) fosse extraditado. Ele havia passado duas décadas vivendo de maneira anônima na Grã Bretanha.

2015 23/03: Em Los Angeles, Vianna Roman (39) – filha de um kingpin da Máfia mexicano preso – é sentenciada a 15 anos de prisão. Ela foi declarada culpada, no ano anterior, por pedaladas financeiras e por carregamentos com narcóticos e armas.

2015 08/07: Autoridades italianas afirmam ter apreendido ativos no valor de mais de 1.6 bilhão de euros (US$ 1.75 bilhão) de uma família de cinco pensionistas sicilianos, que possivelmente têm ligações a um proeminente clã da máfia. Os objetos do roubo pertenciam a Carmelo Virga (66), seus irmãos Vincenzo (78), e Francesco (71), e a suas irmãs Anna (76) e Rosa (68).

2015 22/07: A polícia italiana apreende ativos no valor de 2 bilhões de euros (US$ 2.2 bilhões) e emitiu 41 mandados de prisão em incursões sobre empresas de jogos de azar na Itália (e no exterior) dirigidos pela organização mafiosa ’Ndrangheta.

2015 03/08: A polícia italiana prende 11 suspeitos ligados ao cabeça fugitivo da Máfia siciliana, incluindo um ex-chefe que administrava um sistema secreto de mensagens para a máfia utilizando um código baseado em SHEEP, um sistema computacional. Matteo Messina Denaro (53) tinha estado foragido desde 1993.

2015 20/08: Na Itália, o funeral do considerado mafioso Vittorio Casamonica dispõe de uma carruagem dourada, puxada por cavalos, carregando seu caixão e de uma banda tocando o tema de “O Poderoso Chefão”, no pátio da igreja. Patrulheiros da polícia e da força Carabinieri acompanharam a procissão fúnebre. Um piloto de helicóptero sobrevoou Roma em voo baixo, para que derramassem pétalas de flores.

2015 27/08: O governo da Itália põe o salão de entrada da cidade de Roma sob grande supervisão, seguindo alegações de que ele teria cedido domínio ao crime organizado – todavia o governo permitiu que o Prefeito Ignazio Marino continuasse cumprindo seu ofício.

2015 17/09: Na Flórida, Anthony Moscatielo é sentenciado à prisão perpétua, sem liberdade condicional, pelo assassinato (ligado à máfia, em 2001) de Konstantinos Boulis, durante uma disputa entre navios de aposta – isto é, navios que abrigam cassinos, jogos de azar, dentre outros entretenimentos.

2015 02/11: A polícia na Sicília prende 22 suspeitos mafiosos por meio de empresas que, cansadas de pagarem o dinheiro de “proteção” da máfia, rebelaram-se e contataram as autoridades.

2015 12/11: Na cidade de N.Y., o mafioso Vincent Asaro (80) joga as mãos pro ar e grita “Liberdade!”, gargalhando, enquanto saía de um tribunal após sua surpreendente absolvição das acusações de que teria ajudado a planejar o lendário assalto de Lufthansa em 1978, recontado no aclamado filme sobre Máfia: “Goodfellas” (Lançado no Br. como “Os Bons Companheiros”; filme produzido pela Irwin Winkler).

2015 20/11: A polícia italiana prende seis membros da máfia da Sicília Cosa Nostra, como parte de uma investigação que descortinou uma ameaça de violência ao ministro das causas locais, Angelino Alfano.