Escola da vida, erros e cicatrizes

Quando os criminosos saem da prisão após cumprir pena, precisam de um apoio para ser reinseridos na sociedade. O problema é que há o preconceito, no qual, muitas pessoas acreditam em não reabilitação.

Dar uma segunda chance a alguém que cometeu um crime pesado, por exemplo, é algo duvidoso, por conta da insegurança que é atrelada à pessoa. Afinal, sabemos o quanto o sistema penitenciário não é dos melhores, e não ajudam os presos a se reabilitarem corretamente.

Os ex-presos recebem um novo ponto em seu currículo, especificando que cumpriu pena e é impossibilitado de negar essa ex-condição, inclusive o crime cometido. Para empresário, comerciante ou vendedor, receber um currículo desse ainda é apavorante, devido à não educação, por assim dizer. Imagine um ex-presidiário sem cartão de crédito, sem CNH, que nunca pagou impostos e que ainda pagou pena por três crimes violentos? Como fica? A desconfiança existe.

Uma segunda chance

Só que, a segunda chance existe e muitas pessoas nessa situação querem se redimir com a sociedade, tendo um trabalho justo, honesto e batalhar muito para ter um futuro melhor. Muitas delas são honradas, ambiciosas, persistentes e são determinadas. E muitas querem provar serviço, mostrando ser confiáveis.

Mas… “e se ele cometer novamente o erro? ” Essa é a questão, não é mesmo?

Experiência na escola da vida

Lembram-se do Stalin? Que governou a União Soviética? Diziam que ele se assemelhava muito a um chefe da máfia. O motivo é simples: realizava extorsões, falsificava dinheiro, havia pirataria e corrupção. Seu sucessor, Krushev, dizia que Stalin cometia erros, mas não os repetia. E essa é a escola da vida, em que você deve aprender com os erros, literalmente.

Mais um exemplo: Após sair da prisão, Carlito Brigante jura a si mesmo que nunca mais vai voltar a viver como no passado. A mudança de vida não é fácil, uma vez que ele precisa resistir a várias oportunidades e tentações para voltar a lidar com o tráfico de heroína. Mas graças ao seu antigo amor, Gail, que lhe mostra que a vida pode ser feliz. Carlito começa a economizar dinheiro para se mudar para as Bahamas, mas nem sempre tudo sai como o esperado.

Na hora de ser reintegrado na sociedade, dependendo do crime cometido, muitos anos se passam e a realidade é completamente transformada, mostrando um mundo que nem sempre é visível. Dentro da cadeia, existe a escola da vida também, em que você deve refletir sobre os erros e aprender a lição de como sobreviver lá dentro e depois, lá fora.

E o que a vida pode nos dar de experiência? Tudo. Afinal, para um preso, sair da cadeia, por exemplo, é sinal de liberdade e de apreensão ao mesmo tempo, devido ao fato de o mundo ter mudado mais do que as pessoas, ao longo do tempo de reclusão.

Não só isso, mas as cicatrizes ficam e você aprende, com o tempo, como ser moldado ou como ser flexível. Como foi a sua vida? Difícil? Porém, o que é difícil? Fazer uma entrevista de emprego? Acordar pela manhã para trabalhar? É necessário mais do que isso para abalar suas estruturas!

A vida é feita de experiência e é a melhor escola do mundo. Não tem professores, reuniões, nem certificados; entretanto, tem a cicatriz, o caráter, a sua identidade. Reflita sobre o que é realmente difícil para você, e não se esqueça que a escola da vida fornece a você segundas chances. Aliás, não se esqueça de não ser duro consigo mesmo. Aproveite a oportunidade de se ingressar e se formar na escola da vida!

E aí, o que você achou do post? Não esqueça de compartilhar e seguir a gente nas redes sociais!

Related Posts

Add Comment

Pizzo-Cosa Nostra-extorçao
Qual é a principal atividade da Cosa Nostra?
carlos marcello mafia
Família Marcello: O Mais Antigo Sindicato da Máfia nos Estados Unidos
cosa nostra
Chefes na prisão, paga Cosa Nostra. O respeito tem a cor do dinheiro
familia-mafiosa-patriarca
Família do crime Patriarca, também conhecida como “The Office”
gangsters e contrabando 1920
Bootleggers | O Contrabando na América do Norte
estilo gangster mafioso
Por que os mafiosos são tratados mais como celebridades do que como criminosos desagradáveis?
A Insolarada - iate al capone
A Islamorada: O iate de Al Capone no Canal do Panamá
estilo gangster anos 20
Gangsters da década de 20: Vestidos para matar
rene trupo- oficiais corruptos
Top 13 Oficiais Mais Corruptos dos Filmes sobre Gângster
os bons companheiros
Os Bons Companheiros Na Real
A Mitologia da Máfia na Cultura Popular
personagens-o-poderoso-chefao
10 Inspirações na Vida Real para Personagens de O Poderoso Chefão