Assassinato Mafioso: 3 Formas de Matar da Máfia Italiana

Quando a Cosa Nostra Mata? Sempre que julgar necessário!

Quando tem uma crise interna, ou ajusta as contas com alguém de fora. Existem diferentes tipos de homicídios cometidos pela máfia. Há assassinatos “preventivos” e há assassinatos de “demonstração”. Os primeiros são encomendados para eliminar um perigo para a organização. O segundo serve como advertência e para gerar medo.

Veja Também: Espingarda Branca, a maneira mais “Limpa” de matar alguém

1) Assassinato preventivo

Um dos assassinatos preventivos foi aquele do juiz Cesare Terranova, morto em 25 setembro de 1979, na véspera da sua inauguração, como instrutor conselheiro do tribunal de Palermo. Terranova foi o primeiro a descobrir os Corleoneses, no final dos anos 1950, investigando a guerra da máfia desencadeada no país por Luciano Leggio contra Michele Navarra.

2) Assassinato demonstrativo

Como assassinato demonstrativo, podemos considerar aquele de Mario Francese, repórter policial do Jornal da Sicília (Il Giornale di Sicilia), morto também pela Família Corleone, em 26 de janeiro de 1979. Ele o silenciou, e o crime teve uma carga intimidante para todos os jornalistas que escreviam sobre a máfia.

3) Homicídio demonstrativo e preventivo junto

Alguns homicídios mafiosos unem demonstrativo e preventivo. Como o do presidente da Região da Sicília, Piersanti Mattarella. Foi assassinado no dia da Epifania de 1980.

Mattarella tinha acabado de anunciar a ordem de rotação de todos os líderes da região, os intocáveis. Ele estava por ordenar a inspeção de alguns contratos manipulados, na cidade de Palermo, em favor dos chefes. Ele queria limpar seu partido, era o homem da mudança na DC siciliana.

4) O que significa quando a Máfia não atira?

Quando a máfia não atirava, quando estava em silêncio, isso significava um tempo em que as coisas estavam indo bem na Cosa Nostra, ou seja, que tudo estava no lugar. Hoje se você não atira, é porque não tem sempre a necessidade de usar a força para fazê-lo, e acima de tudo está o interesse de não se manifestar e de não quer atrair muita atenção para si mesmo.

5) O assassinato mafioso é governado por leis muito rigorosas

Um homem de honra não pode matar alguém sem a permissão do seu chefe de família, mesmo que seja na área onde vive. E se o assassinato respeita outro mandamento, em seguida, sua família é forçada a pedir permissão ao chefe daquele mandamento. É a regra da territorialidade da Cosa Nostra.

Para assassinatos excelentes – juízes, políticos, policiais, funcionários dos Carabinieri, jornalistas – só a Comissão pode decidir e “deliberar”.

Comente abaixo, amigo e continue acompanhando nosso blog mafioso. Ciao!

Banner rodape mafia-academy

Add Comment

mafia chinesa- a triade
Máfia Chinesa em Foco: A Tríade
ndrangheta-mafia-calabresa4
As 7 Máfias Mais Poderosas do Mundo
O Chefe Está Morto mas a Máfia segue Viva, afirma Magistrado e Mafioso
Cuntrera-Caruana mafia cosa nostra
O Clã Mafioso Cuntrera-Caruana
Top 7 Tentativas de Homicídio das Telinhas Que Fracassaram
o-poderoso-chefao-historias-e-assassinatos-reais
Top 5 Histórias Reais da Máfia por trás do “O Poderoso Chefão”
film cassino fatos
25 Coisas que Talvez Você Não Sabia sobre o filme “Cassino”
Quem foi Mario Puzo
O Pai do Poderoso Chefão: Mario Puzo
Conor McGregor
O que leva um campeão de UFC a simpatizar com a máfia? O caso de Conor McGregor
Top 10 Gangues de Motociclistas
Top 10 Gangues de Motocicletas Mais Perigosas
gangsters e contrabando 1920
Bootleggers: O Contrabando na América do Norte
estilo gangster mafioso
Por que os Mafiosos são tratados mais como Celebridades do que como Criminosos desagradáveis?