As 7 Gangues Mais Antigas de Nova York

Lá nos anos de 1800, os Estados Unidos sofreram gravemente com a incidência de violência que assolava o país por conta das Gangues que foram se formando. Em Nova York, nos bairros de Manhattan, tais como Five Points, Hell’s Kitchen, o Fourth Ward e no Bowery, seus becos escuros tornaram-se pontos de roubos, gangsters e assediadores.

Esses grupos comandavam a prostituição, assaltos e até assassinatos. Os nomes dos líderes davam medo em todos os moradores da vizinhança. Veja a seguir as 7 Gangues mais antigas de Nova York.

1) The Forty Thieves

A gangue Forty Thieves operou durante 30 anos, de 1820 a 1850. Localizava-se no bairro de Five Points e foi a primeira gangue mais conhecida acerca de seus crimes. Formada por bandidos irlandeses, ladrões de carteiras e crianças perigosas, a Forty Thieves iniciou suas operações em um supermercado e em um bar de uma mulher chamada Rosana Peers.

O líder da gangue era Edward Coleman – um trapaceiro que mais tarde foi enforcado por ter batido em sua mulher até a morte – e, aos poucos, a estrutura da gangue começou a ser formada, com suas regras e normas para um bom convívio. Os gangsters da Forty Thieves tinham uma quota diária para ser entregue ao líder – caso contrário, eram expulsos imediatamente da gangue.

Além disso, abriram uma pequena franquia da gangue intitulada de Forty Little Thieves, que eram crianças e adolescentes aprendizes rumo ao mundo do crime, responsáveis por roubar carteiras e por crimes “simples”.

2) The Bowery Boys

Uma das gangues mais lendárias de Nova York, The Bowery Boys se localizava em um bairro em Manhattan e batia de frente com a gangue Five Points (comandada por gangsters italianos) durante a época de 1840, 1850 e 1860.

Muitos podem não acreditar, mas essa gangue vestia roupas elegantes e tinham empregos legítimos como pintores, mecânicos ou comerciantes. Entretanto, quando saiam do emprego, pareciam outras pessoas. Eles iam a becos e esperavam suas vítimas para realizar roubos ou até mesmo assaltar bares da redondeza, promovendo brigas entre a gangue e sua rival, a Dead Rabbits.

Historicamente, The Bowery Boys não agia apenas como uma gangue perigosa. Eles eram considerados um grupo político que tinha muitas rixas com os políticos rivais e seus apoiadores. Muitas vezes chegaram a intimidar eleitores para que os mesmos não votassem em certo candidato.

O resultado disso era ótimo para eles: no momento em que o político que eles apoiaram conquistasse o mandato, a gangue tinha tratamento especial e recebiam sua recompensa em dinheiro.

3) The Dead Rabbits

O grupo era formado por imigrantes irlandeses e muitas pessoas temiam suas ações que começaram a tomar lugar no bairro de Five Points. Por mais de 60 anos, esse bairro era muito conhecido devido à sua notoriedade em ser o mais perigoso de toda a Nova York.

Dentre os anos de 1850 a gangue The Dead Rabbits alcançou sucesso em seus crimes e assaltos, além de acumular rixas com seu inimigo número 1: Os Bowery Boys.

The Dead Rabbits era formada por jovens e há quem se engane que as mulheres não participavam de ações criminosas também. De acordo com a história, o membro da gangue mais temeroso era uma mulher de nome Hell-Cat Maggie. Ela tinha dentes pontudos e nas brigas usava unhas de bronze!

A gangue de Nova York foi responsável por crimes maiores, como no caso de uma luta sangrenta onde dezenas de pessoas foram mortas. A briga era contra os Bowery Boys. A data? 4 de julho de 1857.

Algumas pessoas dizem que essa gangue era, na verdade, a Roach Guards, mas há outras que alegam que ambas são a mesma, então não tem por que se atentar aos detalhes, não é, gente? Uma teoria sugere que o termo Dead Rabbits começou a ser usado pelos Bowery Boys e pela imprensa para denominar os Roach Guards. Que confusão!

New York Gangland Map

Confira aqui a Mapa com os territórios das maiores e mais famosas gangues na cidade de Nova York entre os anos 1840 e 1910.

mapa gangue de nova york 1900

4) The Daybreak Boys

As atividades criminosas das gangues de Nova York no século XIX não se concentravam apenas em Manhattan, mas também se estendiam até a outra margem do rio. The Daybreak Boys eram conhecidos como os piratas dos rios por justamente roubar carregamentos dos navios e dos portos.

Eram perigosíssimos e muito violentos. A cidade sofreu com eles nos anos de 1840 até 1850. Assim, atacavam horas antes do amanhecer com pequenos barcos e conseguiam chegar até os navios de grande porte e conquistar a mercadoria.

Você sabe como se entra nessa gangue? Simples, você tem de já ter matado alguém para fazer parte do grupo. Mas, espera aí, nenhum segurança via eles roubando? Viam e acabavam tendo suas gargantas cortadas. É sabido que a Daybreak Boys foi responsável por 30 assassinatos! Em 1850, a gangue atingiu seu declínio após uma ótima armadilha policial.

5) The Whyos

Nos anos de 1860 até 1890, The Whyos dominava as ruas de Nova York. Começando apenas com crimes básicos, como assaltos e assassinatos, The Whyos aumentou a violência indo para outras áreas, como a prostituição e extorsão. Com alguns membros da gangue saindo, alguns iniciaram uma carreira empreendedora, abrindo cassino e bares.

Eles eram clientes totalmente sérios, que faziam o trabalho direito quando eram contratados, principalmente para participar de uma briga. Olha os preços: um soco na cara, 2 dólares; arrancar uma orelha, 15 dólares; e um assassinato, 100 dólares!

6) The Five Points Gang

Paul Kelly foi responsável pela fundação dessa gangue. Recrutando membros da Dead Rabbits e The Whyos, Kelly conseguiu juntar 1.500 bandidos para acabar com a sua rival, a Monk Eastman’s, uma gangue judia. Ambas as gangues sofreram com perdas e muito sangue foi espalhado na segunda avenida de Nova York!

Roubos, prostituição, extorsão e corrupção. Essas eram as atividades que eles faziam em seu “tempo livre”. Os nomes mais conhecidos nessa gangue são: Johnny Torrio, Al Capone e Lucky Luciano.

Não sei se você sabe, mas aqui no site tem um artigo completinho sobre a Five Points Gang! Conheça mais sobre ela!

7) The Eastman Gang

Seu líder era Monk Eastman e seus subordinados constavam da casa dos 1.200. Conhecidos por realizar trabalhos de assassinatos por encomenda, lidar com traficantes de drogas e proteção de pessoas de alta classe, a Eastman Gang tinha como arqui-inimigo a Five Points.

Travando inúmeras brigas, Eastman também era reconhecida pelos seus atos corruptos e atividades ilícitas que obrigavam o governo e os policiais a não fazerem nenhuma punição ou cobrança para com eles.

O líder, Monk, foi preso em 1904 e logo depois se juntou às forças armadas para se tornar uma lenda no campo de batalha da Primeira Guerra Mundial. Voltando da guerra como um herói de Nova York, Monk foi assassinado em 1920 por um ex-colega de vida criminosa.

Pois é, essas foram as 7 gangues mais antigas de Nova York. Não se esqueçam de deixar os comentários aqui embaixo! Até a próxima!

Mafia Academy

Add Comment

Cuntrera-Caruana mafia cosa nostra
O Clã Mafioso Cuntrera-Caruana
os corleonesi
O clã mafioso Corleonesi: Uma facção que agregou muitos nomes de peso no mundo da Máfia
tráfico de drogas
A Era de Ouro do Tráfico de Drogas: Como Metanfetamina, Cocaína e Heroína se Moveram pelo Mundo Todo
Frattiano
Família criminosa de Los Angeles, mais conhecida como “Mickey Mouse Mafia”
film cassino fatos
25 Coisas que Talvez Você Não Sabia sobre o filme “Cassino”
Quem foi Mario Puzo
O Pai do Poderoso Chefão: Mario Puzo
rene-trupo4
Top 13 Oficiais Mais Corruptos dos Filmes sobre Gângster
os bons companheiros
Os Bons Companheiros Na Real
Top 10 Gangues de Motociclistas
Top 10 Gangues de Motocicletas Mais Perigosas
gangsters e contrabando 1920
Bootleggers: O Contrabando na América do Norte
estilo gangster mafioso
Por que os Mafiosos são tratados mais como Celebridades do que como Criminosos desagradáveis?
A Insolarada - iate al capone
A Islamorada: O iate de Al Capone no Canal do Panamá