17 Coisas que Talvez Você Não Saiba sobre o Filme “Scarface”

Diga “oi” para nossa listinha. Aqui vão alguns fatos que vão transformar sua próxima experiência ao assistir o clássico de gangsteres e cocaína de Brian De Palma: Scarface. Veja a seguir 17 Coisas que Talvez Você Não Saiba sobre o Filme “Scarface”.

1) Este não foi o primeiro Scarface

O filme é um remake de um outro filme de 1932 de mesmo nome, que também é sobre a ascensão e queda de um gangster imigrante americano. O produtor da versão de 1983, Martin Bregman, assistiu a película original numa madrugada na TV, e achou que a ideia poderia ser modernizada.

2) Ele presta a devida referência ao original

A versão de 1983 é dedicada ao diretor do filme original, Howard Hawks, e ao roteirista: Ben Hecht.

3) De Palma não quis entrar em ação como diretor

De Palma assinou contrato para dirigir o filme mas, do nada, saiu fora, por não ter gostado dos rascunhos iniciais do script. Sidney Lumet, o diretor que a sociedade conhecia por ter dirigido clássicos como Um Dia de Cão (também estrelado por Al Pacino) e Doze Homens e Uma Sentença, foi trazido para dirigir em seu lugar.

4) Lumet alterou o script

Lumet foi a pessoa que sugeriu que a história deveria abordar as guerras contemporâneas da cocaína, do sul da Flórida.

5) Um roteirista promissor a tornar-se estrela trouxe De Palma de volta

O produtor Bregman ofereceu ao relativamente recém-chegado Oliver Stone uma chance de revisar o roteiro, e Stone concordou em fazer o filme por duas razões. Primeiro, porque seu filme de 1981 A Mão tinha bombado nas bilheterias, então ele precisava da vaga. Ele também queria trabalhar com Lumet, que eventualmente largou mão do projeto porque sentia que o roteiro de Stone ficara muito acima do limite e muito violento. De Palma, que havia se mudado para possivelmente dirigir Flashdance, então, lê o script de Stone e adora o quão exagerado que era. Daí ele abandonou Flashdance e juntou-se novamente ao projeto Scarface.

6) Stone teve experiência e primeira mão com o assunto abordado

Stone estava lidando com um vício em cocaína enquanto estava a escrever o roteiro, o que lhe deu um insight de o que a droga pode fazer com os usuários. Stone, na verdade, tentou se livrar de seu vício mudando-se para Paris, a fim de terminar o script para que pudesse estar bem longe de seu acesso à droga.

7) Foi fácil para Al Pacino pegar o papel principal

Bregman buscou por Pacino para o papel de Tony Montana porque tinha empresariado Pacino anteriormente na carreira do ator, dando a Pacino seu primeiro papel principal no filme Os Viciados (1971). Bregman, casualmente, passou a produzir, e produziu alguns dos maiores estouros de Pacino, incluindo Serpico e Um Dia de Cão (ambos os quais, foram dirigidos Lumet).

8) Os cineastas quase ignoraram Michelle Pferffer

De Palma foi hesitante ao testar a relativamente não audicionada Pfeiffer, pois na época ela era mais conhecida pelo sucesso de bilheteria Grease 2 – Os Tempos da Brilhantina Voltaram. Glenn Close, Geena Davis, Carrie Fisher, Kelly McGillis, Sharon Stone e Sigourney Weaver — todas foram consideradas para o papel de Elvira, entretanto Bregman incentivou a Pfeiffer nas audições, e ela conseguiu o papel. 

9) Tony Montana foi nomenclaturado em homenagem a uma estrela do futebol americano

Stone, que era um fã do time de futebol americano 49ers de São Francisco, cunhou o personagem de Tony Montana devido a Joe Montana, seu jogador de futebol favorito.

10) Tony só é chamado de “scarface” uma vez, e é em espanhol

Hector, o gangster colombiano que ameaça Tony com a motosserra, refere-se a ele como “cara cicatriz”, significando “scar face”, em Espanhol.

11) A cena da motosserra foi baseada num incidente real

Em pesquisas para o filme, Stone incorporou-se na força-tarefa policial de Miami e se baseou na infame sequência de ataques com motosserra, na história de uma gangue, que ele ouviu a partir da polícia do Condado de Miami-Dade.

Veja também: 5 Histórias Reais da Máfia por trás de “Scarface”

12) Uma retaliação forçou a produção a sair de Miami

O filme era pra ser todo filmado, originalmente, no local, em Miami, porém protestos advindos da comunidade local cubano-americana forçaram o filme a deixar Miami, já estando duas semanas em produção. Além de imagens a partir dessas duas semanas, o resto do filme foi filmado em Los Angeles, Nova York, e Santa Barbara.

13) O que Pacino está fungando ão é cocaína real

Reza a lenda que Pacino teria fungado cocaína de verdade na frente das câmeras, e embora De Palma jamais tenha declarado oficialmente o que a equipe usou para substituir a droga, a cocaína usada no filme era, supostamente, leite em pó.

14) Steven Spielberg dirigiu uma única tomada

De Palma e Spielberg vinham sendo amigos desde que ambos começaram filmes de estúdio em meados dos anos 70, e tinham por hábito visitar os sets de gravação um do outro. Spielberg estava acessível para um dos dias de gravação: a filmagem do ataque inicial dos colombianos à casa de Tony Montana, já no final do filme; então De Palma deixou Spielberg dirigir a filmagem de ângulo baixo em que os incursores primeiramente entrariam na casa

15) Foi utilizada tecnologia sofisticada nos flashes de tiros saindo dos canos das armas de fogo

A fim de aumentar gravidade do tiroteio, De Palma e os coordenadores de efeitos especiais criaram um mecanismo para sincronizar a arma de fogo com o franco atirador na câmera do filme, para mostrar o enorme flash saindo dos canos, no tiroteio final.

16) Saddam Hussein era um grande fã

O fundo fiduciário do ex-ditador iraquiano, montado para lavar dinheiro, chamava-se “Montana Management” (em Tradução Livre: Administração Montana), que bate com o nome da empresa que Tony usa para lavar dinheiro no filme.

Veja Também: Assim Scarface tornou-se um Mito para Todos os Chefes

17) Há uma boa porção de praguejamento

De acordo com o Guia de Mídia Familiar “Family Media Guide”, que monitora palavrões, conteúdo sexual, e violência nos filmes, Scarface possui 207 usos daquela palavrinha “F…”, que computado dá 1.21 “bombas-F” por minuto.

Continue acompanhando nosso blog para mais surpresas sobre Gangsters!

Banner rodape mafia-academy

3 Comments

  1. Lucas Lannister
    18 de agosto de 2016
    • Estilo Gangster
      19 de agosto de 2016
  2. Sybil Henriquez
    6 de setembro de 2017

Add Comment

mafia chinesa- a triade
Máfia Chinesa em Foco: A Tríade
ndrangheta-mafia-calabresa4
As 7 Máfias Mais Poderosas do Mundo
O Chefe Está Morto mas a Máfia segue Viva, afirma Magistrado e Mafioso
Cuntrera-Caruana mafia cosa nostra
O Clã Mafioso Cuntrera-Caruana
Top 7 Tentativas de Homicídio das Telinhas Que Fracassaram
o-poderoso-chefao-historias-e-assassinatos-reais
Top 5 Histórias Reais da Máfia por trás do “O Poderoso Chefão”
film cassino fatos
25 Coisas que Talvez Você Não Sabia sobre o filme “Cassino”
Quem foi Mario Puzo
O Pai do Poderoso Chefão: Mario Puzo
Conor McGregor
O que leva um campeão de UFC a simpatizar com a máfia? O caso de Conor McGregor
Top 10 Gangues de Motociclistas
Top 10 Gangues de Motocicletas Mais Perigosas
gangsters e contrabando 1920
Bootleggers: O Contrabando na América do Norte
estilo gangster mafioso
Por que os Mafiosos são tratados mais como Celebridades do que como Criminosos desagradáveis?